PROGRAMAS de geração de renda nas áreas da agricultura e criação de animais de pequeno porte são algumas das iniciativas a serem levadas a cabo, a partir do próximo ano, nas comunidades residentes na zona tampão da Reserva Nacional do Niassa. Para o efeito, a “Wildlife Conservation Societ” (WCS), uma organização internacional vocacionada para a conservação de recursos naturais que opera no Niassa, vai receber cerca de 350 milhões de meticais concedidos pela União Europeia (UE). Leia mais

Fonte:Jornal Notícias

Leave a Reply

Your email address will not be published.