O grupo era composto por crianças, mulheres e idosos naturais do distrito de Mocimboa da Praia.Muitas delas estavam bastante debilitadas e desidratadas e algumas apresentavam sinais de problemas respiratórios.”Estão debilitadas, outras com problemas de respiração. Porque lá mesmo onde sairam parece que a alimentação era difícil. Outros diziam que viviam de mandioca seca, mesmo assim, a própria mandioca seca acabou escasseando e estavam com problema de alimentação. Nós conseguimos fazer papas, depois de dois, três dias conseguiram alimentar-se e depois de recuperar trouxemos de Mocimboa (da Praia) até aqui em Pemba”, disse um oficial da FADM a TVM.Duas das 21 pessoas resgatadas não resistiram a situação degradante em que se encontravam e perderam a vida, sendo uma criança de 3 anos de idade que perdeu a vida ainda em Mocimboa da Praia e uma idosa que veio a óbito durante a evacuação para Pemba.As restantes 19 foram encaminhadas ao Hospital Provincial de Pemba onde estão a receber cuidados médicos.

Fonte: Folha de Maputo

Leave a Reply

Your email address will not be published.