A Porta-voz da instituição disse, esta quarta-feira, durante o programa Debate Político, da Rádio Moçambique, que a distribuição dos livros só vai-se iniciar a partir da segunda quinzena de Fevereiro.Gina Guibunda considera a data para o início do processo de distribuição do material didáctico um atraso, mas que não vai prejudicar o processo de ensino e aprendizagem.O Presidente da Associação dos Industriais Gráficos de Moçambique, Belmiro Quive, apelou a criação de incentivos fiscais, com vista a tornar as empresas do ramo mais robustas.Já Ivan Cossa, Director dos Serviços Gráficos da Sociedade de Notícias, entende que há capacidade interna para responder as necessidades dos livros escolares no mercado.Fonte: “RM”

Fonte: Folha de Maputo

Leave a Reply

Your email address will not be published.