Published On: Fri, Jul 31st, 2020

Washington ameaça retomar as sanções da ONU ao Irão

Numa audição no Senado, Pompeo confirmou que Washington irá apresentar “num futuro próximo” uma resolução ao Conselho de Segurança da ONU para alargar o embargo à venda de armas convencionais a Teerão, que expira em 18 de Outubro. “Esperamos que seja aprovado pelos outros membros permanentes” do Conselho, disse Pompeo, embora admita ser provável que a China, ou mesmo a Rússia, usem o seu poder de veto para se opor.”Se não for adotado, tomaremos as medidas necessárias para assegurar que este embargo de armas não expire”, disse Pompeo.Os Estados Unidos sentem-se no direito de impor o restabelecimento de sanções económicas da ONU a Teerão, levantadas como parte do acordo internacional de 2015 sobre o programa nuclear iraniano, embora o Presidente dos EUA, Donald Trump, tenha retirado em 2018 o seu país desse acordo.”Temos a capacidade de implementar esta reintegração e vamos usá-la de forma a proteger e defender a América”, advertiu o chefe da diplomacia norte-americana, que nunca tinha afirmado com tanta clareza que Washington está preparado para concretizar esta ameaça.A administração Trump acredita que o acordo de 2015 é insuficiente para impedir o Irão de adquirir a bomba atómica.O Departamento de Estado quer utilizar um argumento jurídico: desde que a resolução do Conselho de Segurança que aprovou o acordo de 2015 sobre o programa nuclear do Irão apresentou os Estados Unidos como um Estado “participante”, então pode impor o regresso das sanções.Os aliados europeus de Washington, embora dispostos a alargar o embargo de armas, manifestaram reservas quanto à estratégia a seguir.

Fonte : Folha de Maputo

Leave a comment

XHTML: You can use these html tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Compre e Venda

Vendas Online