OS dois criminosos “resgatados” pelos seus comparsas de um carro celular da Polícia de Investigação Criminal (PIC), em Maputo, cumpriam, há três anos, uma pena nas salas anexas da “BO”, no Comando da cidade, por envolvimento em crimes de sequestro e homicídio.

De acordo com Orlando Mudumane, porta-voz da Polícia da República de Moçambique (PRM), na cidade de Maputo, ambos estavam a caminho da 1ª Esquadra, onde deveriam ser ouvidos por anteriores tentativas de fuga.

“Tentaram sabotar o sistema de segurança das celas de máxima segurança, mais de uma vez, por isso, estavam a ser encaminhados para a esquadra para serem ouvidos pela Polícia”, esclareceu.

Eram cerca das doze horas quando quatro indivíduos assaltaram, na baixa da cidade de Maputo, com recurso a armas de fogo do tipo AKM, a viatura celular da PIC para pôr em liberdade os dois criminosos que seguiam no carro.

Questionado sobre se se trata do crime organizado, Mudumane disse que era cedo dar qualquer resposta, referindo que, se for o caso, podem ter agido ou com a finalidade de queima de arquivo ou para pô-los a operar novamente.

O objectivo, continuou, é encontrá-los com vida para que possam esclarecer o crime e devolvê-los às celas, “donde nunca deveriam ter saído”.

Testemunhas no local relataram que uma viatura de marca Toyota Runex, na qual os malfeitores se faziam transportar, imobilizou o carro celular em plena rua da Imprensa, donde saíram dois indivíduos encapuzados e a disparar contra os pneus da Land Cruizer da Polícia.

Os dois agentes da Polícia que seguiam no veículo, um dos quais o condutor, saíram ilesos e puseram-se em fuga, circunstância aproveitada pelos meliantes para retirar os dois presos.

A situação gerou pânico, mas felizmente as balas não atingiram a ninguém, senão os pneus e o carro celular.

Entretanto, um automobilista que na altura passava do local dos factos viu o vidro traseiro da sua viatura estilhaçado por uma bala perdida.

O carro da PIC, refira-se, não estava acompanhado por outro da Policia de Protecção, como é comum nestas circunstâncias.

Fonte:http://www.jornalnoticias.co.mz/index.php/sociedade/66879-malfeitores-resgatados-eram-sequestradores.html

Leave a Reply

Your email address will not be published.