Apresentadora também comentou possibilidade voltar para TV ao participar do ‘Encontro’ nesta terça (26). ‘Enche o saco ficar olhando sempre a mesma cara’, diz. Xuxa participa do ‘Encontro com Fátima Bernardes’ nesta terça (26)
Reprodução/TVGlobo
Xuxa Meneghel participou do programa “Encontro com Fátima Bernardes” nesta terça (26) e falou sobre projetos para 2021.
O primeiro deles é o livro infantil “Betinho: o amor em forma de criança”, que está sendo lançado pela divisão infantil da Globo Livros.
O livro conta a história real de uma criança de 2 anos que consegue guiar o pai por Angola em busca de comida.
Xuxa esteve no país africano no ano passado quando conheceu o Betinho e o pai. Sasha, filha de Xuxa, e Bruna Marquezine conheciam a aldeia que o menino vivia e indicaram que a apresentadora fosse conhecer.
“É uma mistura de gratidão por estar vivendo aquela energia linda, de gratidão a Deus por estar vivendo aquilo”, diz a apresentadora após rever vídeo em que crianças cantavam “Ilariê” quando ela chegou no local.
“A gente acha que a gente tem problema, então quando eu fui lá achando que eu podia dar alguma coisa, mas eu recebi muito mais, recebi tanto amor das crianças, das pessoas que trabalham lá”, continuou.
Após as visitas, a apresentadora diz que sentia que precisava fazer algo pelo lugar e toda renda do livro vai ser revertida para aldeia em que Betinho vive em Angola.
A relação com as crianças e Betinho foi tão forte que a apresentadora não descarta uma adoção no futuro.
“A Sasha desde muito pequeninha fala que quer adotar uma criança. Eu acho que no dia que eu encontrar um Betinho, ele se apaixonar por mim e eu por ele, eu vou fazer de tudo para levar”, diz.
“Acho que você não busca, você se encontra, é um encontro de almas. Quando isso acontecer, eu acho que naturalmente vai acontecer a doação, seja onde for”.
Documentário no Globoplay
Xuxa também falou que outro projeto para 2021 é um documentário na Globoplay. A apresentadora não falou quem é o diretor responsável, mas adiantou que é uma pessoa querida por ela.
“Esse documentário tinha que ter a mão da Globoplay, porque são 29 anos que eu vivi aqui, então não tem como fazer em outro lugar”, afirmou.
“Tenho certeza que vai ser o trabalho da minha vida”, frisou a apresentadora.
A ideia era gravar shows no Brasil e na Argentina, mas, por conta da pandemia, os planos foram modificados. Um seriado e um filme também estão previstos para este ano.
Xuxa pode voltar à TV?
Fátima questionou se a apresentadora pretende voltar a fazer televisão, mas Xuxa hesitou. “Eu acho que a televisão tem um tempo, enche o saco ficar olhando sempre a mesma cara”.
“Não se sei as pessoas querem ouvir a mesma coisa que eu tenho para a dizer, a minha voz ou a minha cara. A gente nunca vai dizer nunca, mas é difícil eu me ver agora, já que eu fiz parte dos anos 80 e 90 quando a televisão era outra história e voltar agora do jeito que é”, explica.
“Eu sou polêmica, eu não sou muito politicamente correta de falar as coisas que as pessoas querem, se você vier falar comigo sobre uma coisa que eu não concordo, eu vou dizer que eu não concordo, e eu não sei se é isso que as pessoas querem ouvir”, continua.
‘BBB21’
Na primeira parte do programa, Xuxa também falou sobre o “BBB21”, edição que estreou na segunda (25).
A apresentadora relembrou uma visita que fez à casa durante a primeira edição do reality e comentou que Fiuk deve dar trabalho. “Ele deve pegar mais de uma, com certeza”, brincou.
Exclusivo: Xuxa fala sobre maturidade, abuso, preconceito e filme polêmico



Globo

Leave a Reply

Your email address will not be published.