O PREÇO dos produtos de primeira necessidade, particularmente das hortícolas, continua a registar um aumento significativo nos principais mercados de venda a grosso da cidade de Xai-Xai, devido à escassez que se verifica na origem, nomeadamente na África do Sul, província de Maputo e distrito do Chókwè.

A título de exemplo, a cebola sofreu maior incremento do preço nos últimos dias, sendo vendida entre 400,00 e 450,00 meticais a caixa. No mesmo sentido está o tomate, que há mais de um ano e meio não conhece redução do preço, oscilando  entre 800,00 e 1000,00 meticais 20 quilogramas.

Daniel Mondlane, presidente da Associação dos Vendedores Grossistas e Mukheristas (AGROMU) de Xai-Xai, considerou que a alta de preços é influenciada pela escassez de hortícolas nos principais fornecedores dos produtos frescos do Mercado Grossista do Zimpeto, concretamente a África do Sul e no distrito Chókwè.

Leia mais…

Fonte:Jornal Notícias

Leave a Reply

Your email address will not be published.