Published On: Thu, Mar 19th, 2020

Voepass e Map linhas aéreas suspendem operações por 5 dias com a crise do coronavírus



Na sexta-feira, as empresas farão uma atualização da malha viária. A Voepass, companhia aérea que atua entre regiões do interior e capitais do Brasil, e a Map Linhas Aéreas, com atuação no norte do país. Anunciaram a suspensão da operação de linhas aéreas por conta da crise do novo coronavírus.
Segundo informações da Voepass, as atividades serão interrompidas até o dia 22 de março nos aeroportos de Rio de Janeiro (RJ), Araçatuba (SP), Dourados (MS), Marília (SP), Palmas (TO), Teixeira de Freitas (BA), Foz do Iguaçu (PR), Campos dos Goytacazes (RJ), Três Lagoas (MS) e Campo Grande (MS).
Procurada pelo G1, a Voepass informou que “as pausas anunciadas nesta quarta (18) serão realizadas inicialmente até o dia 22. Na sexta (20) a empresa irá realizar uma nova reunião, de acordo com a situação da crise no Brasil, e a partir disso definir se existe a necessidade de estender o prazo de suspensão.”
Veja últimas alterações anunciadas por empresas aéreas e ligadas ao turismo
Já a Map anunciou a suspensão temporária das operações em 17 destinos: Ponta Grossa (PR), São Paulo (SP), Ribeirão Preto (SP), Bauru (SP), Uberaba (MG), Belém (PA), Altamira (PA), Santarém (PA), Itaituba (PA), Manaus (AM), Eirunepé (AM), Parintins (AM), São Gabriel da Cachoeira (AM), Coari (AM), Carauari (AM), Lábrea (AM) e Tefé (AM).
Segundo informações das empresas, os passageiros que tiveram os voos cancelados serão contatados para negociar a remarcação da data. Uma outra opção é utilizar o crédito, com validade de um ano, no valor do bilhete para viajar futuramente.
Ambas as companhias são distintas, no entanto, a Voepass participa do controle acionário da Map.
Suspensão de operações e cancelamentos
Gol: anunciou na terça (17) o cancelamento de suas operações internacionais entre a próxima segunda (23) e o dia 30 de junho.
Latam: quem comprar passagens nacionais e internacionais até 31 de março poderá ter data ou destino alterado sem multas. A partir desta quarta (18) a solicitação pode ser realizada online pelo site da empresa.
Azul: a empresa anunciou nesta segunda (16) a redução de sua capacidade consolidada de 20% a 25% no mês de março, e entre 35% a 50% em abril e meses seguintes, até que a situação relacionada ao surto de coronavírus se normalize.
Air France e KLM: o grupo Air France-KLM mudou sua política de cancelamentos e remarcações de passagens – até então só valia para voos cancelados ou com atraso de mais de três horas. Agora, clientes com voos programados até 31 de maio de 2020 podem adiar a viagem para o mesmo destino, sem penalidade, até o dia 30 de novembro. Nesse caso, por conta da alteração da data, a empresa afirma que poderá ser cobrada uma diferença tarifária.
TAP Air Portugal: a companhia definiu novas medidas de aumento da flexibilidade para alteração de datas e destino das viagens. Viagens reservadas antes de 8 de março e para voos com partida até 31 de maio podem solicitar a alteração do destino ou da data da viagem (para até o dia 31 de dezembro).



Source link

Leave a comment

XHTML: You can use these html tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>