Os NFTs colecionáveis ​​foram a categoria mais popular, seguida pela de arte. Algumas das vendas de NFT de valores mais elevados envolveram terrenos em ambientes de metaverso online. Uma tela mostra o primeiro SMS do mundo como um NFT
ALAIN JOCARD / AFP
De desenhos de macacos a videoclipes, as vendas de tokens não fungíveis (NFT) atingiram cerca de US$ 25 bilhões em 2021, mostraram dados da empresa de acompanhamento do mercado DappRadar divulgados nesta segunda-feira e que sinalizaram para uma desaceleração do crescimento.
O volume de vendas de NFT totalizou US$ 24,9 bilhões em 2021, em comparação com apenas US$ 94,9 no ano anterior. A empresa coleta dados em dez blockchains diferentes, que são usados ​​para registrar quem possui os NFTs.
VÍDEO: NFT: 5 pontos sobre a tecnologia que torna um arquivo digital ‘único’
NFT: 5 pontos sobre a tecnologia que torna um arquivo digital ‘único’
As estimativas de volumes variam de acordo com o provedor de dados, dependendo do que está incluído. As transações que ocorrem “fora da cadeia”, como grandes vendas de arte NFT em casas de leilão, muitas vezes não são capturadas.
A CryptoSlam, que também rastreia vários blockchains, disse que o total de 2021 foi de US$ 18,3 bilhões. A NonFungible.com, que rastreia apenas o blockchain ethereum, estima as vendas em 2021 em US$ 15,7 bilhões.
Saiba mais: NFT: como funciona o registro de coleções digitais que já valem milhões de dólares
O erro que fez arte digital NFT de R$ 1,7 milhão ser vendida por R$ 17 mil
As vendas atingiram o pico em agosto, depois caíram em setembro, outubro e novembro, antes de subirem novamente em dezembro, mostraram os dados do maior mercado de NFT, o OpenSea.
Isso não parece estar relacionado com as flutuações no preço das criptomoedas, que costumam ser usadas para comprar NFTs, já que o bitcoin e o ether se valorizaram no período de setembro a novembro.
Cerca de 28,6 milhões de carteiras negociaram NFTs em 2021, contra 545.000 em 2020, disse a DappRadar.
Apenas 10% dos negociadores responderam por 85% de todas as transações NFT, segundo pesquisa publicada na revista Nature.
Enquanto a venda de NFT mais cara conhecida foi de US$ 69,3, uma faixa de preço comum foi de US$ 100 a US$ 1 mil dólares, disse a NonFungible.com.
Os NFTs colecionáveis ​​foram a categoria mais popular, seguida pela de arte, disse o NonFungible.com. Algumas das vendas de NFT de valores mais elevados envolveram terrenos em ambientes de metaverso online.
A empresa de investimento em ativos imobiliários em mundos virtuais Republic Realm comprou um espaço no metaverso The Sandbox por 4,3 milhões de dólares em novembro.
Os preços de alguns NFTs subiram tão rápido no ano passado que especuladores muitas vezes “fliparam” para terem lucro em questão de dias.

Globo Tecnologia

Leave a Reply

Your email address will not be published.