Vacinas e coágulos sanguíneos. Cientistas dizem ter encontrado a causa

Investigadores alemães afirmam que o efeito secundário raro é causado pelo vector de adenovírus e pode ser corrigido.

Num novo estudo (ainda não foi revisto por pares), investigadores alemães afirmam ter encontrado uma causa para os casos raros de coágulos sanguíneos verificados entre algumas pessoas que receberam as vacinas produzidas pela AstraZeneca e Johnson & Johnson.

Segundo o professor da Universidade Goethe, em Frankfurt, Rolf Marschalek, que conduz estudos sobre o assunto desde Março, o efeito secundário é causado pelo vector de adenovírus e pode ser corrigido, cita o Financial Times.

Os chamados vectores de adenovírus são utilizados pelas vacinas e enviam parte da sua carga viral para o núcleo das células. É neste núcleo que algumas das instruções para produzir proteínas de coronavírus podem ser mal interpretadas. Como consequência, as proteínas resultantes podem desencadear coágulos sanguíneos.
A boa notícia é que as vacinas podem ser reformuladas, fazendo a mutação dessas sequências, codificando a proteína spike de forma a prevenir reacções indesejadas. A Johnson & Jonhson já está em contacto com os investigadores, o mesmo não se pode dizer sobre a AstraZeneca, (RM /NMinuto)

Fonte:Rádio Moçambique Online

Leave a Reply

Your email address will not be published.