GARANTIR que todas as instituições públicas e privadas usem o domínio “mz” como forma de promover e massificar os serviços prestados no espaço cibernético e facilitar a interacção entre o Estado e o cidadão, continua a constituir desafio.  Quem o diz é a directora do Instituto Nacional de Tecnologias de Informaçāo e Comunicação (INTIC), Dulce Chilundo,  que defende ser necessário que o país adopte o domínio, seguindo  directivas emanadas pelos reguladores internacionais para facilitar a sua inclusão na gestão global da Internet. Leia mais

Fonte:Jornal Notícias

Leave a Reply

Your email address will not be published.