A Comissão das Transportadoras Internacionais de Passageiros-Sul do Save solicita a cooperação e intervenção das polícias de Moçambique e da África do Sul por forma a preservarem as suas actividades ameaçadas pela destruição de suas viaturas no país vizinho.

O pedido foi endereçado ontem, em Maputo, durante uma audição parlamentar às transportadoras pela Comissão das Relações Internacionais, Cooperação e Comunidades (CRICC) da Assembleia da República (AR).

O presidente da Comissão das Transportadoras, Frederico Ambrósio, disse, na ocasião, que a intervenção seria no sentido de garantir escolta às viaturas dos pontos de embarque e desembarque até a fronteira e vice-versa, enquanto se estudam soluções duradouras.

“Assim, a Comissão das Transportadoras Internacionais de Passageiros-Sul do Save espera que os dois governos, uma vez detentores de dados e ferramentas de investigação a nível de tecnologia e recursos humanos, possam pesquisar e trazer soluções”, anotou Ambrósio, citado pela AIM.

Enquanto isso, a presidente da CRICC da AR, Catarina Dimande, disse que a magna casa tem acompanhado o problema com “muita tristeza e preocupação”.

Dimande assegurou que a preocupação do parlamento não iniciou hoje. “Já vínhamos acompanhando a situação”.

Leia mais…

Fonte:Jornal Notícias

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *