terrorismo min

O distrito de Macomia, no centro de Cabo Delgado, ainda é palco das incursões terroristas e, nos últimos dias, foram atacadas as aldeias de Nkoe e Nova Zambézia, no posto administrativo de Chai, resultando em vítimas mortais.

 

Além da emboscada contra viaturas no último domingo, outras duas incursões atribuídas ao mesmo grupo, na aldeia Nova Zambézia e nos machambas, causaram pelo menos cinco mortos.

 

Relatos a que “Carta” teve acesso, de fontes locais, referim que, depois do ataque à coluna de viaturas, e apercebendo-se da presença das FDS, os terroristas puseram-se em fuga e, pelo caminho, decapitaram duas pessoas, todas as pessoas do sexo masculino, residentes na aldeia Nova Zambézia.

 

Os corpos das vítimas viriam a ser descobertos mais tarde, quando os familiares se aperceberam de sua ausência prolongada. Devido ao medo, muitas famílias estão a abandonar as suas aldeias em direcção à vila de Macomia, na sua maioria a pé.

 

No entanto, outras fontes disseram à “Carta” que, na semana passada, moradores de Nguida e Litandacua terão encontrado quatro corpos sem vida na mata na aldeia próxima e presume-se que são terroristas abatidos durante a troca de tiros com a força local. Recentemente, como forças locais trocaram forte tiroteio com os terroristas, quando estes tentaram escalar de novo que aldeia (Litandacua). (Carta)

Fonte: Carta de Moçambique

Leave a Reply

Your email address will not be published.