Uma viatura do Serviço Distrital de Saúde, Mulher e Acção Social, do distrito de Meluco, em Cabo Delgado, foi atacada no fim da tarde desta quinta-feira, por homens armados, que se acredita serem terroristas que, há dias, atacaram aldeias do distrito de Macomia.

 

Segundo fontes, até ao princípio da noite, parte dos ocupantes estavam no Comando Distrital da Polícia da República de Moçambique, em Macomia, desprovidos dos seus bens. O ataque ocorreu numa aldeia a poucos quilómetros da sede do distrito de Meluco, e a viatura atacada fazia o trajecto cidade de Pemba-Meluco, sendo que, neste momento, continua abandonada no local.

 

Contudo, uma ocupante, por sinal mulher, que viajava na viatura, é tida como desaparecida. Os atacantes apoderaram-se de vários bens, como computadores, telefones celulares e cerca de dez mil meticais.

 

Outras fontes referem ter-se registado outro ataque no Posto Administrativo de Muaguide, também no distrito de Meluco, concretamente na aldeia Pitolha, onde os terroristas atacaram por volta das 10 horas, desta quinta-feira, e queimaram muitas palhotas da população.

 

Na semana passada, os terroristas tinham avisado, através de uma mulher raptada e depois liberta, que poderiam brevemente atacar as aldeias do distrito de Meluco. Refira-se que algumas famílias de Meluco que, em finais do ano passado, abandonaram as suas casas, na sequência de intensos ataques ao distrito, ainda não regressaram às suas zonas de origem. (Carta)

Fonte: Carta de Moçambique

Leave a Reply

Your email address will not be published.