Rúben Amorim aproveitou o jogo nos Barreiros para fazer algumas alterações no onze, poupando alguns dos jogadores mais utilizados, mas acabou por pagar caro ter demorado tanto tempo a mexer na equipa.Do outro lado, Milton Mendes apresentou um Marítimo muito competente no momento defensivo e extremamente eficaz na manobra ofensiva. Rúben Amorim mudou várias peças do habitual onze titular e viu o avançado brasileiro Rodrigo Pinho, aos 68 minutos, bater Luís Maximiano pela primeira vez para fazer o 1-0, e dez (10) minutos volvidos, o avançado voltou a estar em destaque, fazendo, de cabeça, a assistência para o defesa-central Léo Andrade assinar o 2-0, confirmando a primeira derrota dos leões em jogos das competições nacionais em 2020/21. A equipa madeirense é, assim, a primeira a carimbar um lugar nos quartos-de-final da prova, esperando agora pelo vencedor da eliminatória entre Rio Ave e Estoril para conhecer o próximo adversário.

Fonte: Folha de Maputo

Leave a Reply

Your email address will not be published.