Artista prepara o primeiro álbum individual, ‘À deriva’, após anos como integrante da banda de rock Tio Che. Sergio Guizé lança música composta em parceria com Alisson Santana
Clausen Bonifácio
♪ “Quero ser mochileiro e andar de pé no chão”, enfatiza Sergio Guizé ao repetir várias vezes o verso-síntese da letra de Mochileiro. Composição inédita de autoria do próprio Guizé, em parceria com Alisson Santana, Mochileiro é o single que anuncia o início da carreira solo do artista paulista como cantor ao ser lançado na sexta-feira, 4 de dezembro.
Projetado nacionalmente como ator de novelas da TV Globo como Êta mundo bom! (2016), O outro lado do paraíso (2017 / 2018) e A dona do pedaço (2019), Guizé também está há anos na estrada como cantor e compositor.
Até então, esse já longo caminho na música vinha sendo pavimentado por Guizé como integrante da banda paulista de rock Tio Tche, formada em 2001 em Santo André (SP), município da região do Grande ABC paulista onde o artista veio ao mundo em 1980.
Capa do single ‘Mochileiro’, de Sergio Guizé
Divulgação
Com a edição do single Mochileiro, que apresenta composição formatada com produção musical creditada a Zulim Sounds e com arranjo de Jorge Bitar, Guizé também anuncia que prepara o primeiro álbum solo, À deriva, para 2021.
Mixado e masterizado por Ariel Feitosa e Jorge Bittar, músicos que tocam todos os instrumentos do fonograma editado por vias independentes, o single Mochileiro remete ao universo musical norte-americano com elementos de folk, rock e country em gravação que totaliza dois minutos e 53 segundos.
Mochileiro é música com letra que alude ao fato de a força da imaginação ser o motor que conduz o viajante para as trilhas mais longas e prazerosas da vida. “Quero ser mochileiro e andar de pé no chão / E ter o mundo inteiro na palma da mão”, avisa Sergio Guizé, antevendo a continuidade do caminho existencial e musical.



Globo

Leave a Reply

Your email address will not be published.