O Senado norte-americano deu quinta-feira o primeiro passo decisivo para a revogação de uma lei promulgada em 2002 para autorizar os Estados Unidos a entrarem em guerra com o Iraque de Saddam Hussein.

Quase exactamente 20 anos após a invasão norte-americana do Iraque (a 20 de Março de 2003), o diploma ainda é utilizado pelo Pentágono para justificar operações militares no estrangeiro.

A revogação desta lei será submetida a uma votação no Senado – provavelmente nos próximos dias – e a câmara alta do Congresso norte-americano já ontem deu um passo nesse sentido, com uma primeira votação, apoiada por senadores dos dois partidos, Democrata e Republicano.

O líder dos Democratas no Senado, Chuck Schumer, saudou a medida como “um passo necessário para deixar para trás os últimos vestígios da guerra no Iraque”.

“Os norte-americanos estão fartos de guerras sem fim no Médio Oriente”, declarou Schumer no hemiciclo.

Leia mais…

Fonte:Jornal Notícias

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *