A RÚSSIA registou uma segunda vacina contra o novo coronavírus, etapa preliminar para a fase final de testes clínicos, indicou quarta-feira (14)o Presidente russo, Vladimir Putin.

A vacina tem um nível de segurança “suficientemente alto”, declarou na mesma ocasião avice-primeira-ministra russa da Saúde russa, Tatiana Golikova.

A vacina, produzida pelo laboratório Vektor, entrará a partir de agora para a fase final dos ensaios clínicos, que implicará a utilização de 40.000 voluntários, acrescentou.

A Rússia registou em Agosto passado a sua primeira vacina contra o novo coronavírus, criada no centro de investigação moscovita de Gamalei, em colaboração do Ministério da Defesa russo.

Baptizada “Sputnik V”, em referência ao satélite soviético, a vacina foi recebida comcautela por alguns, sobretudo porque não tinha desenvolvido a fase final dos ensaios na altura do anúncio pelas autoridades russas.

Uma grande parte da elite política russa, no entanto, acabou por ser vacinada, com Putin a citar o “caso exemplar” de uma das suas filhas, a quem foi administrada uma dose.

Segundo Presidente russo, o Governo espera desenvolver e distribuir maciçamente a vacina no país antes do final do ano.

Fonte:Jornal Notícias

Leave a Reply

Your email address will not be published.