A Electricidade de Moçambique (EDM) concluiu com sucesso, esta semana, os trabalhos de restabelecimento de energia a todos os distritos da zona norte da Província de Cabo Delgado afectados pelos ataques terroristas, refere um comunicado da empresa.

 

“Depois de restabelecido o fornecimento da corrente eléctrica nos distritos de Mueda, a 3 de Setembro; Mocímboa da Praia, a 11 de Setembro; Nangade a 27 de Setembro; e Palma, a 8 de Outubro; a energização, a 22 de Novembro, do distrito de Muidumbe, que se encontrava desprovido de energia desde 20 de Agosto de 2020, representa o culminar das intervenções de emergência de curto prazo iniciadas com a recuperação e energização da subestação de Oasse”, lê-se no documento.

 

De acordo com a nota, as obras para reposição do fornecimento de energia no norte de Cabo Delgado contaram com o financiamento do Governo de Moçambique e fundos próprios da EDM, estando em curso a mobilização de fundos junto dos parceiros de cooperação para reconstrução definitiva do sistema eléctrico daquela região do país.

 

“A EDM está sempre comprometida em cumprir com a sua missão de electrificar Moçambique e apela ao engajamento de todos para a permanente vigilância contra a vandalização das infra-estruturas eléctricas, actos que retardam o progresso da electrificação nacional”, concluiu a empresa.

 

Refira-se que os distritos da zona norte do país estavam às escuras há mais de um ano, depois de os terroristas terem vandalizado a Subestação de Oasse, em Mocímboa da Praia, e deitado abaixo algumas linhas. (Carta)

Fonte: Carta de Moçambique

Leave a Reply

Your email address will not be published.