Reino Unido é o primeiro país a aprovar uso da vacina da Pfizer/BioNTech

As inoculações poderão começar nos próximos dias para pessoas de grupos prioritários.

 

O Reino Unido é o primeiro país no mundo a aprovar o uso generalizado da vacina desenvolvida em conjunto pela Pfizer e pela BioNTech contra a Covid-19, avança a BBC. A reguladora britânica, a Medicines and Healthcare products Regulatory Agency (MHRA), anunciou que as inoculações poderão começar nos próximo dias para pessoas que façam parte de grupos prioritários. 

O governo liderado por Boris Johnson já encomendou 40 milhões de doses desta vacina – o que permitirá vacinar 20 milhões de pessoas, uma vez que esta vacina requer duas injecções. 

Cerca de 10 milhões de doses devem ficar disponibilizadas em breve, pois o primeiro lote vai chegar ao Reino Unido no espaço de dias. 

O governo britânico já reagiu à aprovação da vacina da Pfizer e da BioNTech por parte da MHRA. O ministro da Saúde, Matt Hancock, congratulou-se no Twitter pelo facto do Reino Unido ser o “primeiro país no mundo” a aprovar esta vacina para distribuição pela população. 

“A ajuda está a caminho. A MHRA autorizou formalmente o uso da vacina da Pfizer/BioNTech para a Covid-19. O NHS (o serviço nacional de saúde britânico) está pronto para começar a vacinar no início da próxima semana”, afirmou Hancock. 

A vacina para a Covid-19 é a mais rápida a tornar-se realidade. Bastaram 10 meses, seguindo os mesmos passos para o desenvolvimento de uma vacina, que normalmente demoram cerca de dez anos. (RM-NM)

Fonte:Rádio Moçambique Online

Leave a Reply

Your email address will not be published.