MAPUTO – O facto foi anunciado pelo porta-voz do governo, Mouzinho Saíde, em conferência de imprensa havida ontem, em Maputo, minutos após o término da 12ª sessão ordinária do Conselho de Ministros.

Saíde, que tambem exerce as funções de vice-ministro da saúde, explicou que o programa de reflorestamento está inserido no Programa Nacional de Desenvolvimento Sustentável, bem como do “Floresta em Pé”, o maior projecto florestal em Mocambique.

Refira-se que o projecto Floresta em Pé é o principal programa para a Direcção Nacional de Florestas sob a tutela do Ministério de Terra, Ambiente e Desenvolvimento Rural (MITADER).

Este projecto tem um enfoque em cinco princípios chave, relacionados com o papel do MITADER, e essenciais para as iniciativas florestais, nomeadamente conservação e valorização das florestas; sustentabilidade financeira das actividades florestais, capacitação nacional, transparência e acesso à informação, e mitigação das mudanças climáticas.

O sector florestal cobre aproximadamente 70 por cento da superfície total do país, chegando actualmente a 40,1 milhões de hectares, representando perto de 51 por cento de todo o país.

Do total da área florestal, 26,9 milhões de hectares são florestas produtoras de madeira e 13,2 milhões de hectares áreas de conservação.[CC]

http://www.folhademaputo.co.mz//pt/noticias/nacional/reflorestamento-na-zambezia-e-cabo-delgado-orcado-em-47-milhoes-de-dolares/

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *