AS redes sociais Facebook, Instagram e Twetter suspenderam temporariamente as contas de Donald Trump, na sequência da violência no Capitólio dos apoiantes do Presidente norte-americanocessante.

“Encontrámos duas infracções às nossas regras na página do Presidente Donald Trump que resultaram numa suspensão de 24 horas, o que significa que não pode publicar na plataforma durante este período”, indicou o grupo californiano, numa mensagem na rede social Twitter. 

Nesta medida sem precedentes das duas redes sociais, o Twitter ameaçou mesmo suspender permanentemente a conta de Trump, depois de ter retirado três “tweets” do Presidente cessante e aquele mesmo vídeo.

Esta é a primeira vez que a plataforma remove os “tweets” de Trump por razões que não os direitos de autor.

“A conta @realDonaldTrump será bloqueada durante 12 horas após a remoção destes ‘tweets”. Se estes ‘tweets’ não forem eliminados [pelo seu autor], a conta permanecerá bloqueada”, explicou o Twitter.

A de Trump foi também bloqueada na aplicação Instagram.

“Esta é uma situação de emergência e estamos a tomar medidas de emergência apropriadas, incluindo a remoção do vídeo do Presidente Trump (…) que acaba por contribuir para o risco de violência em vez de a diminuir”, disse o vice-presidente do Facebook responsável pela integridade da plataforma, Guy Rosen.

Donald Trump tem procurado durante meses desacreditar as eleições presidenciais de 03 de novembro, afirmando, sem apresentar provas, que foram manipuladas.

Trump tinha avisado que tentaria impedir o Congresso de ratificar oficialmente a vitória de Biden. 

Apoiantes do Presidente cessante dos EUA, Donald Trump, entraram em confronto com as autoridades e invadiram o Capitólio, em Washington, na quarta-feira, enquanto os membros do Congresso estavam reunidos para formalizar a vitória do Presidente eleito, Joe Biden, nas eleições de Novembro.

Fonte:Jornal Notícias

Leave a Reply

Your email address will not be published.