ARGUIDA Mbanda Henning, irmã da ré Ângela Leão, arrolada no caso das dívidas não declaradas, já está a prestar declarações em sede da audiência e julgamento, no tribunal instalado no Estabelecimento Penitenciário de Máxima Segurança, vulgo BO, na Machava, província de Maputo.

Henning é acusada, pelo Ministério Público, de ter recebido 12 milhões de meticais. É, igualmente, acusada de prática dos crimes de associação para delinquir, abuso de confiança e branqueamento de capitais.

Depois do juiz Efigénio Baptista proceder com a identificação da ré e de outros arguidos presentes, a magistrada Sheila Marrengula tomou a palavra e começou a formular as questões a ré Mbanda Henning

A ré explicou que neste momento é gestora de suas empresas, nomeadamente, Zimal – Zincos de Moçambique, outra de prestação de serviços, uma de venda de perfumes e cosméticos, projecto de imobiliária no bairro Costa do Sol e um “Guest House” no Bilene.

Referiu que o projecto imobiliário teve início com a aquisição de uma benfeitoria no bairro da Costa do Sol, num valor de 100 mil dólares, pagos em prestações.

Fonte:Jornal Notícias

Leave a Reply

Your email address will not be published.