Pela proposta, taxa de estacionamento externo na Vila de Jericoacoara passaria de R$ 20 para R$ 40,00 a diária por veículo, sem direito a retorno. Prefeitura diz que o objetivo é ‘desenfrear o turismo predatório na região’. Pedra Furada, principal atração turística de Jericoacoara, é um dos locais mais procurados pelos turistas no Ceará.
Divulgação
O prefeito de Jijoca de Jericoacoara, Lindergh Martins, encaminhou à Câmara Municipal da cidade dois projetos de lei que devem aumentar as despesas do turista que visitar a Vila de Jericoacoara, um dos locais mais procurados do litoral cearense. Dias depois de ser reeleito para mais quatro anos no cargo, o gestor pretende dobrar o valor da taxa de estacionamento externo na Vila de Jericoacoara, que passaria de R$ 20 para R$ 40 a diária por veículo, sem direito a retorno.
Além disso, a prefeitura também pretende reajustar o valor da taxa de turismo na Vila, que cobra R$ 5 por pessoa por dia de permanência. Pela nova proposta, os turistas terão que pagar uma taxa de R$ 30, que dá direito a sete dias em Jeri. Após esse período, o visitante pagará 3 reais a mais por dia de permanência.
As duas propostas ainda vão passar pela votação dos vereadores da cidade.
Segundo a Prefeitura de Jijoca, o reajuste foi sugerido pela Secretaria de Turismo do Estado (Setur), conforme ofício consta na justificativa do projeto de lei municipal enviado ao Legislativo. A alegação das autoridades é “desenfrear o turismo predatório na região, de modo a evitar possíveis impactos ambientais”.
Com a medida, continua restrita a entrada e circulação de veículos particulares na Vila de Jericoacoara, com exceção dos carros prestadores de serviço e de moradores credenciados.
Cuidados ambientais
A recomendação da Secretaria de Turismo do Estado, ainda segundo o ofício anexado ao projeto de lei, argumenta que a falta do turismo consciente provoca problemas para o meio ambiente e para o ritmo da cidade. O aumento da taxa seria uma estratégia para coibir o “turismo desenfreado ou de massa”.
Prefeitura diz que aumento é para desenfrear o turismo predatório na região
Fábio Arruda / Colaboração
Segundo o procurador do município, Ary Leite, todos os recursos arrecadados serão revertidos em investimentos no turismo e na infraestrutura de Jijoca de Jericoacoara e da Vila de Jeri.
“A gente quer diminuir esse fluxo de veículos, a gente quer que tenha um turismo consciente e também de um turismo de qualidade dentro da Vila. Estamos tentando proteger o meio ambiente”, disse.
Taxa de turismo
Um dos projetos em debate na Câmara Municipal tenta tabelar a Taxa de Turismo em R$ 30,00 por pessoa, a qual permitirá a permanência do turista por até sete dias.
Com a nova taxa, será cobrada um valor adicional de R$ 3 por visitante e por dia de permanência acima de sete dias na Vila de Jericoacoara. Crianças com até 12 anos, idosos, pessoas com deficiência, moradores e prestadores de serviço na vila estão isentos da taxa.
“Todas essas mudanças que estamos fazendo é para proteger a Vila de Jericoacoara, trazendo sua essência, protegendo o meio ambiente e o ecossistema natural. Nós estamos aqui para proteger a população e o meio ambiente, que precisa de ajuda e de investimento”, finalizou.



Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.