“Espera-se que o navio chegue a Istambul depois da meia-noite de terça-feira. Não entrará no porto, a inspeção será feita enquanto está ancorado no mar”, refere um comunicado do Ministério da Defesa.O ministro da Defesa turco, Hulusi Akar, tinha indicado terça-feira à tarde como uma provável chegada, mas a velocidade atual do cargueiro, de cerca de dez nós, aponta para uma chegada já na madrugada de quarta-feira.”O navio Razoni deixou o porto de Odessa em direção ao porto de Tripoli no Líbano. A chegada a Turquia está prevista para 02 de agosto [terça-feira]. Continuará a sua viagem até ao seu destino após as inspeções realizadas em Istambul”, anunciara esta manha o Ministério da Defesa turco.A Rússia e a Ucrânia assinaram acordos separados com a Turquia e as Nações Unidas, abrindo caminho para a Ucrânia – um dos principais ‘celeiros’ mundiais – exportar 22 milhões de toneladas de cereais e outros produtos agrícolas que ficaram retidos nos portos do Mar Negro devido à invasão da Rússia.Os acordos também permitem à Rússia exportar cereais e fertilizantes, enquanto prosseguem operações de desminagem nas águas dos três portos selecionados, com a supervisão da Turquia e de uma equipa de peritos de diversos países.

Leave a Reply

Your email address will not be published.