Presidente da República mantém encontro virtual com o presidente do CICV

O Presidente da República, Filipe Nyusi, manteve ontem, uma reunião virtual com o presidente do Comité Internacional da Cruz Vermelha (CICV), Peter Maurer, à margem da sessão virtual do debate geral da 75ª Assembleia Geral das Nações Unidas.

“Durante o encontro, os dois dignitários passaram em revista a excelente cooperação entre a República de Moçambique e o Comité Internacional da Cruz Vermelha, tendo recordado o papel desta organização humanitária na reunificação de milhares de moçambicanos deslocados e refugiados em consequência do conflito armado terminado em 1992, com a assinatura do Acordo Geral de Paz”, diz um comunicado da Presidência enviado ao “O País”.

Na ocasião, os dois dirigentes partilharam informação sobre a situação do país, sobretudo os ataques terroristas em alguns distritos da província de Cabo Delgado e dos elementos da chamada Junta Militar da Renamo, nas províncias de Manica e Sofala.

Sobre a situação da zona norte do país, trocaram pontos de vista quanto à sua natureza, como sendo violência armada perpetrada por grupos terroristas dirigidos por cidadãos estrangeiros, que resultaram na perda de vidas humanas e deslocados para vários distritos de Cabo Delgado e nas províncias circunvizinhas, para além da destruição de infraestruturas económicas e sociais, refere o documento que temos vindo a citar.

Sobre a pandemia da COVID-19, as partes “partilharam preocupação quanto ao impacto socioeconómico e comprometeram-se a cooperar na resposta a esta flagrante doença, sobretudo para o seu controle e apoio aos mais vulneráveis”.

Nyusi e Maurer manifestaram igualmente disponibilidade de incrementar a cooperação e articulação nas operações de apoio humanitário do CICV a todos níveis, para além de endereçar convites para visitas mútuas em Moçambique e Genebra, assim que as condições estiverem criadas.

 

 

Fonte:O País

Leave a Reply

Your email address will not be published.