Segundo a polícia, a operação foi executada por agentes antiterroristas em Ntoroko, no oeste do país, onde foram mortos “quatro suspeitos de terrorismo que atravessavam para a República Democrática do Congo”.Um quinto homem foi morto perto de Campala ao tentar escapar à prisão. A polícia acrescentou que um dos mortos é o xeque Abas Muhamed Kirevu, um líder islâmico local que seria, segundo as autoridades de segurança, um responsável pelo “despertar de células de terror” na capital ugandesa.As outras 21 pessoas presas seriam, segundo a polícia, ” operacionais, coordenadores e financistas de atividades terroristas”.

Fonte : Folha de Maputo

Leave a Reply

Your email address will not be published.