TERMINA hoje a trégua unilateral, de sete dias, determinada pelo Presidente da República, Filipe Nyusi, para dar espaço a um possível diálogo com a auto-proclamada Junta Militar da Renamo, com a finalidade de acabar com os ataques em Manica e Sofala. A suspensão das perseguições a este grupo foi anunciada, passado sábado, dia 24, na cidade de Pemba, Cabo Delgado, num encontro com dirigentes locais da Frelimo e os antigos combatentes para, entre outros, avaliar situação de terrorismo nesta província. Leia mais

Fonte:Jornal Notícias

Leave a Reply

Your email address will not be published.