Pelo menos dez pessoas foram mortas, ontem (domingo), quando atacantes armados invadiram um hotel perto do palácio presidencial na capital da Somália, Mogadíscio, num ataque reivindicado pelo grupo extremista Al-Shebab.

Entre as vítimas encontram-se duas pessoas com dupla nacionalidade, somali e britânica, disse um agente da polícia somali Mohamed Dahir.

No domingo, o Al-Shebab disse, numa emissão na sua própria frequência de rádio, que os combatentes atacaram o hotel Villa Rose, com um restaurante popular entre os membros do Governo e a comunidade de segurança. 

Segundo agências de notícias internacionais, no mesmo dia, à noite, o hotel continuava sitiado, ao mesmo tempo que decorria um tiroteio entre as forças da segurança e os rebeldes.

Leia mais…

Fonte:Jornal Notícias

Leave a Reply

Your email address will not be published.