O g1 conversou com representantes de agências de viagem e guias turísticos que fazem roteiros para a região e mostra que existem pacotes para todos os bolsos. Artistas visitaram a região mesmo na baixa temporada. Dunas no Jalapão
Divulgação/Warley Araujo – Gêmeos Tour Jalapão
Cachoeiras, dunas, rios e paisagens de tirar o fôlego. Assim é a região do Jalapão, que já foi um destino com valores menos acessíveis por causa do difícil acesso e pouca estrutura. A realidade mudou o hoje é possível conhecer as belezas naturais com pacotes turísticos para todos os bolsos.
Compartilhe no WhatsApp
Compartilhe no Telegram
O g1 conversou com representantes de três empresas que fazem os roteiros e entre os valores, o passeio para conhecer a região custa, em média, entre R$ 2 mil até R$ 5 mil por pessoa. A maioria dos pacotes parte e termina em Palmas. Estão inclusas hospedagens referentes às quantidades de dias escolhidos, além de refeições (café da manhã, almoço e jantar) e até água durante os longos trajetos entre os atrativos.
A fama do Jalapão tem aumentado e diversos artistas conheceram a região recentemente. Na semana passada, quem desembarcou no Tocantins para ir até o Jalapão foi a cantora de funk Lexa. Junto com namorado Ricardo Vianna e amigos, eles aproveitaram as belezas naturais por cerca de três dias. O passeio foi registrado nas redes sociais da cantora.
Em outubro, a digital influencer Leandrinha Du Art também passeou pelo Jalapão. Inclusive, foi em solo tocantinense que ela pediu Izaac Medeiros em namoro. O vídeo viralizou nas redes sociais e já passa de 15 milhões de visualizações.
Lexa e Leandrinha se divertiram nos atrativos do Jalapão em novembro
Neste mês, o ex-jogador e comentarista do Grupo Globo, Diego Ribas, também visitou o Jalapão e até parou em Lagoa do Tocantins para bater uma “pelada” com alguns garotos da cidade.
Em maio deste ano, a ex-participante do Big Brother Brasil, Key Alves, também esteve na região e registrou toda a viagem – junto com perrengues – pelas redes sociais.
Diversidade nos passeios
O guia turístico e turismólogo Warley Rodrigues Araújo atua em uma das agências e leva turistas de várias partes do país para conhecer o Jalapão. Segundo ele, os pacotes vão de três até sete dias, variando de R$ 2.100 a R$ 3.450. Também há passeios para a região das Serras Gerais, que custam entre R$ 2.500 e R$ 2.900. Todos os valores são por pessoa.
Segundo Warley, entram nas programações as visitas às famosas dunas; aos fervedouros Buritis, Macaúbas e Bela Vista; à Cachoeira do Formiga e ainda passeios às comunidades quilombolas. Quem tem um pouco mais de dias disponíveis também vai até a Pedra Furada, cânions, cachoeiras e demais atrativos da região.
O guia turístico também oferta expedições para a Lagoa do Japonês, trilhas pelos morros do Sereno e Jacurutu, rapel e trilha na Serra do Espírito Santo com valores que vão de R$ 50 a R$ 250.
Pôr do sol no Jalapão
Divulgação/Warley Araujo – Gêmeos Tour Jalapão
LEIA TAMBÉM:
Influencer Leandrinha viraliza com pedido de namoro romântico antes de viagem ao Jalapão
Flutuando em águas cristalinas e curtindo pôr do sol: Lexa mostra melhores momentos de viagem ao Jalapão com novo namorado
Ex-BBB Key Alves posta perrengues para chegar ao Jalapão: ‘eita que lugar longe’
Em passagem pelo TO, Diego Ribas joga futsal descalço com garotos e paga prêmio após derrota; vídeo
Público de fora
O guia turístico Glerivan Martins explicou que faz expedições durante todo o ano. Entretanto, na baixa temporada, como o fluxo diminui, o turista pode aproveitar mais os atrativos. Ele trabalha com pacotes de três dias e duas noites na região do Jalapão, com valores a partir de R$ 2.350 por pessoa.
“Hoje na agência, os roteiros que mais saem são os de quatro e cinco dias. O público do sudeste e sul do Brasil são os que mais procuram os pacotes do Jalapão”, disse Glerivan.
O passeio também inclui ingressos de entradas às cachoeiras, fervedouros e outros atrativos, que geralmente estão dentro de propriedades particulares.
Cachoeira do Formiga é um dos atrativos buscados pelos turistas
Divulgação/Glerivan Martins – Expedições Tocantins
Baixa temporada com descontos
Para conhecer o Jalapão, o melhor período é na alta temporada, que compreende os meses de abril a outubro, época de seca no Tocantins. Mas para Débora Rufo, proprietária de uma das agências, a baixa temporada também é uma boa oportunidade, já que os preços podem ter descontos.
“Viajar na baixa temporada é aproveitar descontos e evitar lotações e filas nos atrativos e oportunidades de sempre ficar nas melhores pousadas então se torna mais proveitoso. Tipo, em todos os atrativos eles limitam tempo. E agora na baixa ficam até 1 hora em cada atrativo”, deu a dica.
Segundo ela, os pacotes de três dias custam em média R$ 2.000 e em roteiros de sete dias, o interessado tem que desembolsar a partir de R$ 4.850.
Exclusividade
As agências pesquisadas também ofertam passeios individuais para quem deseja conhecer outros destinos que não estão dentro dos pacotes e de forma. Pela exclusividade, os preços podem ser um pouco mais salgados, começando em R$ 2.600 e chegando a mais de R$ 13.000.
Vista da Lagoa do Japonês
Divulgação/Glerivan Martins – Expedições Tocantins
Veja mais notícias da região no g1 Tocantins.



Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *