O DISTRITO de Alto Molócuè considera que a paz efectiva é condição “sine qua non” para o relançamento do desenvolvimento neste ponto da província da Zambézia.

O primeiro-secretário do partido Frelimo ao nível do distrito, Jeremias Cipriano, disse, em entrevista ao Notícias, que os membros, simpatizantes e a população em geral, encaram a paz e a democracia como pressupostos fundamentais para a realização plena dos desígnios do progresso e do bem-estar, devendo, por conseguinte, merecer uma abordagem profunda e atenção especial dos delegados ao XI Congresso, a ter lugar de 26 de Setembro a 1 de Outubro, na cidade da Matola, província de Maputo.

Segundo o dirigente partidário, nos contactos havidos na base, a população sugeriu que a delegação da Zambézia à reunião máxima da Frelimo deve priorizar a discussão mais aprofundada sobre a urgência do restabelecimento da paz efectiva e sólida.

A população do distrito de Alto Molócuè tem estado a crescer de forma geométrica nos últimos tempos, o que, segundo a fonte, implica a adopção e o aprimoramento de políticas públicas que permitam uma intervenção governamental mais robusta em vários domínios, a exemplo da extensão das redes escolar e sanitária, provisão de água, melhoria das estradas para o escoamento dos excedentes agrícolas, bem como a criação de emprego e auto-emprego.

Durante os preparativos do XI Congresso, os cidadãos apresentaram, de forma recorrente, estas preocupações, estando esperançados de que a reunião magna será uma oportunidade para que sejam debatidas e encontradas as respostas que satisfaçam os seus desejos.

Jeremias Cipriano indicou que os preparativos do XI Congresso, bem como as eleições internas constituíram-se em elementos fundamentais para uma melhor organização e fortificação do partido Frelimo no distrito de Alto Molócuè, tendo em vista os desafios eleitorais que se avizinham.

Defendeu a necessidade de os delgados revisitarem a história dos anteriores congressos e as suas principais decisões, como fonte de inspiração para a elaboração de propostas de governação nos próximos anos.

Os membros e simpatizantes da Frelimo no distrito de Alto Molócuè estão a mobilizar vários apoios e contribuições para ajudar na logística do XI Congresso. Entretanto, o secretariado do Comité Distrital manifesta satisfação pelo facto de ter oito delegados à reunião máxima, contra dois que participaram no anterior evento.

Autárquicas desafiadoras

Jeremias Cipriano disse que as eleições autárquicas agendadas para 10 de Outubro de 2018 são desafiadoras para a Frelimo na vila municipal de Alto Molócuè. Para enfrentar o pleito em condições vantajosas, o partido já está a desdobrar-se em contactos no terreno, com vista a alargar a sua base social de apoio nas eleições.

Referiu-se a um diagnóstico preliminar que aponta para a satisfação dos munícipes em relação ao cumprimento do programa de governação, não obstante as dificuldades no acesso à água canalizada.

O sistema de fornecimento de água está em reabilitação, podendo estar concluído antes do final do presente ano.

As eleições autárquicas de 2018 serão as terceiras para Alto Molócuè.

Saudação ao Chefe do Estado

O primeiro-secretário da Frelimo no distrito de Alto Molócuè saudou o Presidente da República, Filipe Nyusi, pela sua dedicação e entrega à causa da paz e reconciliação entre os moçambicanos. Segundo afirmou, Nyusi introduziu um novo estilo de governação que merece aplausos de todos, porquanto moderno, orientado para resultados e marcado por humildade e inclusão.

 Disse que o facto de se ter deslocado à Gorongosa para o encontro com o líder da Renamo demonstra o seu compromisso inabalável com a paz, cumprindo, deste modo, a sua palavra no quadro das promessas que fez aquando da tomada de posse nas funções de Presidente da República.

Afirmou que toda a narrativa política de Nyusi ancora na verdade, na gestão da coisa pública baseada na transparência, tendo em vista a construção de um país próspero e em que os seus cidadãos se entregam ao trabalho e primam pela honestidade.

Na sua recente deslocação à Zambézia, o Chefe do Estado disse que a província precisa de maior atenção em termos de investimentos, a médio prazo. Para Jeremias Cipriano, a visão do Presidente Nyusi vem responder ao crescimento da população da província que necessita de reestruturação das propostas de governação.

“O primeiro investimento começa com o trabalho de cada um de nós”, disse, acrescentando que os cidadãos devem olhar para este desafio com responsabilidade, pois a única forma de criar riqueza é o trabalho.

JOCAS ACHAR

Fonte:http://www.jornalnoticias.co.mz/index.php/politica/71664-para-relancar-desenvolvimento-altomolocue-pede-paz-efectiva.html

Leave a Reply

Your email address will not be published.