O SECTOR da Saúde vai introduzir, nos próximos anos, novas abordagens de prevenção da malária, no quadro dos esforços de controlo da doença que, só este ano, afectou mais de nove milhões de pessoas.

A proposta, que prevê uso da químio-prevenção e vacinação, foi anunciada, há dias, em Maputo, pelo Ministro da Saúde, Armindo Tiago.

A introdução desta medida é fruto da necessidade de adopção de outros mecanismos para a luta contra a doença, lançada como um desafio pelo sector da Saúde, durante a revisão do médio termo do Plano Estratégico de Malária (PEM), em 2020.

Leia mais…

Fonte:Jornal Notícias

Leave a Reply

Your email address will not be published.