A preocupação foi manifestada, ontem, pelo secretário-geral da OJM, Silva Livone, na sua intervenção, antes da abertura da III Sessão Ordinária do Conselho Nacional do braço juvenil do partido Frelimo.“O custo de vida é alto, o custo do ensino superior também é elevado, por isso, pedimos ao Presidente a redução dos custos dos estudos universitários em cinco por cento”, referiu, argumentando que os jovens são encarregados de si próprios e das suas famílias.Depois de reconhecer a importância da escolaridade gratuita até 10ª classe, Livone pediu que a medida seja estendida até 12ª classe.Entretanto, exortou à direcção do partido Frelimo a entender as mudanças e desafios que se registam na juventude, pois, na sua opinião, só assim é que será possível orientar os jovens a seguirem as ideologias e linha política da Frelimo.“Neste Conselho Nacional pretendemos debater a postura e disciplina dos membros da OJM, para que estes sejam melhor exemplo e referência na sociedade moçambicana”, frisou.

Fonte: Folha de Maputo

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *