A dado momento deixou de fazer parte das escolhas para a selecção nacional. Sente-se injustiçado por isso?

– Em nenhum momento fui afastado da selecção. Tanto que uma das coisas de que me orgulho na carreira que tive foi representar os Mambas.

Depois, fui chamado por diversas vezes, pelo mister João Chissano, e não vim porque estava sem jogar. Neste meu regresso ao país, não pensava voltar à selecção, mas nunca diria não, uma vez que isso seria renunciar a pátria. Neste momento, está em construção uma nova selecção, o que considero legitimo.

Joca Estêvão/Luís Muianga

0
0
0
s2sdefault

Fonte:http://desafio.co.mz//index.php/155-selecao-nacional/3984-o-melhor-momento-na-seleccao-nacional

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *