“O íntimo do Guerreiro” reabre Sala Grande do Franco

 

Foto: Jay Garrido

A Sala Grande do Centro Cultural Franco-Moçambicano (CCFM) reabre às 18h30 desta sexta-feira, com uma actuação de Deltino Guerreiro. No concerto designando “O íntimo do guerreiro”, o autor do álbum Eparaka terá como convidada especial a cantora Assa Matusse.

No concerto acústico, Deltino Guerreiro vai contar, igualmente, com as vozes das irmãs Hermelinda Sarará e Marta Sarará. O propósito do músico é expor o seu lado mais íntimo, pessoal e original, com melodias que reflectem a sua forte influência árabe do Norte do país: “do RnB ao Hip Hop e Soul, Deltino Guerreiro traz ao público letras conscientes, cantadas em português, macua e inglês”, lê-se na nota do Centro Cultural Franco-Moçambicano. 

A reabertura da Sala Grande do Franco-Moçambicano acontece na sequência do relaxamento das medidas de prevenção da COVID-19 nos teatros, cinemas e salas de espectáculos, anunciada pelo Presidente da República no início do mês. A actuação de Deltino Guerreiro terá, por isso, um auditório limitado, com observância das medidas de prevenção.

Além de vários espectáculos no país, lembra a nota de imprensa do Franco-Moçambicano, Deltino Guerreiro já se apresentou em Portugal, Ilhas Reunião, África do Sul e Angola, tendo sido distinguido com o Prémio Mozal (2019) como Melhor Artista na categoria de Música.

 

 

 

 

Fonte:O País

Leave a Reply

Your email address will not be published.