O Governo de Filipe Nyusi decidiu agravar entre 50 por cento e 3200 por cento o custo de diversas autorizações para prática da mineração em Moçambique tais como a Taxa de prospecção e pesquisa, a Concessão mineira, a Licença de tratamento mineiro, a Licença de processamento mineiro, a Taxa de registo de transmissão de título mineiro, a Taxa de pedido de alargamento de área, a Taxa de averbamento de alargamento de área e a Taxa de registo de operador e subcontratado.

https://verdade.co.mz/licenciamento-mineiro-em-mocambique-agravado-ate-3200/





Source

Leave a Reply

Your email address will not be published.