Numa mensagem de condolências por ocasião da morte, a 13 de Setembro corrente, do renomado artista plástico moçambicano, Mankew Valente Mahumane, o Presidente da República, Filipe Nyusi, disse que “a cultura moçambicana está de luto, o país perdeu um dos embondeiros das artes plásticas nacionais”.

Segundo Nyusi, Mankew (como era conhecido nos meandros da arte) foi um exímio contador de histórias através de telas, e faz parte de uma geração de artistas que contribuiu para a consolidação das Artes Plásticas em Moçambique e elevação da nossa identidade cultural, pela sua dedicação à vida artística, política e social do país.

“Pela valentia e tenacidade em prol do desenvolvimento das artes e cultura, foi-lhe conferido em 1985, pelo Primeiro Presidente de Moçambique Independente, a medalha Nachingwea e em 2014, foi igualmente condecorado com a Medalha de Artes e Letras”, refere o comunicado.

O Presidente da República termina a sua mensagem endereçando, em nome de toda classe artística, do povo moçambicano, do Governo de Moçambique e no seu próprio as mais sentidas condolências.

Fonte:O País

Leave a Reply

Your email address will not be published.