Published On: Tue, Mar 31st, 2020

Na China, mercados voltam a vender morcegos e a esfolar animais no chão

Na China, mercados voltam a vender morcegos e a esfolar animais no chão

Mercados chineses voltam a adoptar práticas que se afastam das recomendações sanitárias aplicadas há poucas semanas.

Com apenas 31 novos casos de Covid-19 quase todos oriundos do exterior, a China começa a celebrar a vitória contra o novo coronavírus e a voltar às suas rotinas, tradições e hábitos culturais longe das recomendações sanitárias aplicadas há poucas semanas.
Segundo o Daily Mail, nos mercados chineses voltou-se a ver animais, designadamente coelhos e patos, a serem abatidos e esfolados no chão destes locais, criando poças de sangue no chão com restos de partes de animais.
Nestes mercados, são também vendidos morcegos e escorpiões como produtos utilizados na medicina tradicional, e encontram-se ainda cães e gatos à venda em jaulas enferrujadas.
Segundo o jornal britânico que enviou um correspondente para o país, os mercados voltaram a encher-se de milhares de pessoas, sendo que o mercado de Guilin, uma região no sudoeste da China, registou lotação máxima. “Os mercados voltaram a funcionar exactamente da mesma maneira que operavam antes da chegada do coronavírus”, aponta o repórter.
Recorde-se que alguns dos primeiros casos de Covid-19 no mundo foram reportados após os infectados terem estado num destes mercados em Wuhan, a região chinesa onde começou o surto do novo coronavírus.
Desde sábado, a China suspendeu temporariamente a entrada no país de cidadãos estrangeiros, incluindo quem possui visto ou autorização de residência, como medida de prevenção contra a propagação da pandemia.
Para impedir uma segunda vaga de contágios no país, o Governo chinês impôs ainda uma quarentena rigorosa de 14 dias a quem entrar na China.
Segundo os dados oficiais, o número de casos diagnosticados na China continental – que exclui Macau e Hong Kong -, desde o início da pandemia, é de 81.470, entre os quais 75.700 pessoas receberam alta, fixando o número de pacientes em 2.396. Ao todo 3.304 pessoas morreram, até agora na China, devido à Covid-19.
O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infectou mais de 697 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 33.200. Dos casos de infecção, pelo menos 137.900 são considerados curados. (RM /NMinuto)

Fonte:Rádio Moçambique Online

Leave a comment

XHTML: You can use these html tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Compre e Venda

Vendas Online