A Circulação rodoviária na avenida Francisco Manyanga, concretamente na zona do jardim Parque Popular, no coração da cidade de Nampula, está ameaçada, em consequência da destruição de uma conduta de águas residuais.

Por conta disto, os automobilistas sentem-se forçados a efectuar manobras, às vezes perigosas, para contornar a cratera e evitar que se precipitem no buraco.

Abordados pela nossa Reportagem, alguns munícipes lamentarem tal situação, tendo alertado as autoridades do Conselho Municipal da Cidade de Nampula, para que ajam o mais rápido possível para corrigir a situação.

“O problema é que, como está a chover, a cratera pode ganhar novos contornos e aumentar de tamanho por baixo do alcatrão e,ao passar uma viatura,desabar”, lamentou Osvaldo Ernesto, munícipe de Nampula.

Gerónimo Gustavo, moto-taxista, que despertou o repórter desta matéria quando circulavam por esta via, classificou o executivo do Conselho Municipal da cidade de Nampula,liderado por Paulo Vahanle,como sendo inoperante quando se precisa de uma rápida intervenção.

“Deve haver flexibilidade. Este buraco está há mais de 15 dias e estão à espera que aconteça o pior”, acusou Gustavo, sustentando que a via serve de alternativa para descongestionar o tráfego intenso que se verifica na avenida Paulo Samuel Kamkhomba, sobretudo na hora de ponta.

Contactado o director de Comunicação e Imagem no Conselho Municipal da cidade de Nampula, Nelson Carvalho, disse não ter conhecimento sobre a destruição da conduta, tendo prometido destacar uma equipa para trabalhar no local o mais breve possível.

Fonte:Jornal Notícias

Leave a Reply

Your email address will not be published.