Segundo uma das autoras dos estudos, Lynnmarie Sardinha, mulheres idosas e mulheres com deficiência podem sentir-se extremamente isoladas, quando sofrem violência, o que torna mais dificil elas escaparem e denunciarem o abuso. “O estigma e a discriminação podem, ainda mais, reduzir o acesso delas a serviços ou informações, ou até mesmo resultar na rejeição de seus relatos de violência pelos socorristas”, – refere a activista.Avni Amin, chefe da Unidade de Direitos e Igualdade da OMS, ao comentar as análises, disse que a situação das mulheres idosas e das mulheres com deficiência permanece largamente oculta na maioria dos dados globais e nacionais relacionados à violência.

Fonte : Folha de Maputo

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *