A Montepuez Ruby Mining (MRM) realizou, em Banguecoque, Tailândia, de 30 de Maio a 17 de Junho de 2022, mais um leilão de rubis de qualidade mista, tendo embolsado 95.6 milhões de USD, número recorde de todos os tempos em vendas, refere um comunicado a que “Carta” teve acesso.

 

“Os rubis em bruto foram todos extraídos na área de concessão da MRM (que é 75% propriedade da Gemfields e 25% do parceiro moçambicano, Mwiriti Limitada). As receitas deste leilão, como sempre, serão totalmente repatriadas para a MRM, em Moçambique, garantindo o pagamento de todos os royalties devidos ao Governo de Moçambique e pagos com base nos preços de venda totais”, lê-se no comunicado.

 

A nossa fonte refere que as vendas se realizaram através de uma plataforma de leilões online, especificamente adaptada para a empresa e que permitiu a participação de clientes de múltiplas jurisdições num processo de licitação selado. 

 

Dados da MRM realçam que, no leilão, 49 empresas fizeram ofertas e garantiram as referidas receitas, com um valor médio global de 246,69 de USD por quilate. De 2014 a Junho de 2022, a MRM fez 16 leilões de rubis que geraram 827,1 milhões de USD em receitas totais. (Carta)

Fonte: Carta de Moçambique

Leave a Reply

Your email address will not be published.