A REABILITAÇÃO do ramal Dona Ana-Vila Nova da Fronteira, na província de Tete, que voltará a garantir a conexão ferroviária com o vizinho Malawi, está orçada em 30 milhões de dólares americanos, segundo deu a conhecer o director-executivo dos Caminhos de Ferro de Moçambique-Centro (CFM-Centro), Augusto Abudo. Numa entrevista (ler na página 2 da presente edição) ao “Notícias”, Augusto Abudo revelou que o montante sairá dos cofres da empresa, estando já em curso apreparação para a materialização da empreitada, prevista para terminar em Setembro de 2021. Leia mais

Fonte:Jornal Notícias

Leave a Reply

Your email address will not be published.