Um membro das Forças Armadas de Defesa de Moçambique (FADM) afecto à 4ª Brigada de Infantaria na cidade de Chimoio, província de Manica, perdeu a vida na passada quinta-feira, vítima de afogamento.

 

Segundo as fontes, a vítima, de nome Daniel Bernardo Cadeado, terá caído no rio Mwenezi, quando regressava à casa, após mais uma sessão de bebedeira. As fontes asseguram que o finado, depois de cada jornada laboral, dedicava-se ao consumo de bebidas alcoólicas de fabrico caseiro.

 

À “Carta”, o Secretário do bairro Centro Hípico na cidade de Chimoio, Bernardo Fainde, afirmou que a vítima sempre regressava do trabalho na calada da noite em avançado estado de embriaguez. O corpo foi retirado do local pelos agentes do Serviço Nacional de Investigação Criminal (SERNIC).

 

Refira-se que, no último sábado, membros das FADM, totalmente fardados e armados, foram detidos pela Polícia na cidade de Pemba, província de Cabo Delgado, a consumir bebidas alcoólicas na calada da noite, violando as medidas de prevenção contra Covid-19. (O.O.)

Fonte: Carta de Moçambique

Leave a Reply

Your email address will not be published.