Geraldo Carvalho entende que solução para tensão é a eleição de governadores

O Movimento Democrático de Moçambique (MDM) reitera que o Governo e a Renamo devem ser responsabilizados pelos danos que a tensão político-militar causou. Este pronunciamento foi feito pelo Chefe do Departamento de Mobilização e Propaganda, Geraldo Carvalho, em Manica.

O MDM acrescenta que a concepção de modelos precisa ser pública para que tenha outros intervenientes.

“Os assuntos que estão a ser tratados na mesa de negociações devem ser de conhecimento de todos. As mortes feitas pelos esquadrões, mortes nas estradas, crianças que ficaram sem estudar, crianças que ficaram órfãs, mulheres que ficaram viúvas. Este e outros assuntos provavelmente ficarão em banho-maria. Nada está a acontecer para responsabilizar essas pessoas, o que está a acontecer é simplesmente conversa de esquina. As duas partes continuam a lutar porque têm medo da força do povo que reside no partido MDM”, disse Geraldo Carvalho.

O Chefe do Departamento de Mobilização e Propaganda acusa ainda o Governo e a Renamo de estarem a correr o risco de adiarem o problema da tensão político-militar para as próximas épocas eleitorais, caso não resolvam o problema da descentralização, que passa pela nomeação dos governadores provinciais.

 


 

Leave a Reply

Your email address will not be published.