Mais de 2 mil abutres mortos com insecticida na Guiné-Bissau

Um grupo internacional de investigadores e de protecção das espécies confirmou que mais de dois mil abutres foram mortos com insecticida na Guiné-Bissau para fins comerciais.

Em comunicado enviado à Lusa, o grupo afirma que aquele evento foi o mais “letal envenenamento intencional de abutres do mundo”.
Segundo o grupo, foram mortos mais de dois mil abutres de uma espécie em perigo de extinção, que consta da Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas da União Internacional para a Conservação da Natureza.
As suspeitas de envenenamento foram confirmadas pela Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade de Lisboa. ( RM Angop)

Fonte:Rádio Moçambique Online

Leave a Reply

Your email address will not be published.