Encontro definiu linhas do congresso do partido

O edil de Nampula, Mahumudo Amurane, faltou à reunião da Comissão Política do Movimento Democrático de Moçambique, encontro que definiu as linhas do congresso do partido, Sábado e Domingo.

Além de membro da Comissão Política do MDM – núcleo do partido que reúne apenas 11 pessoas, Amurane é também presidente do município que acolheu a reunião, Nampula.

A ausência não justificada de Mahumudo Amurane acontece dias depois do edil afirmar que está a ser perseguido por membros do MDM. Amurane disse também que rejeitou advogados propostos por Daviz Simango para defesa de uma alegada acusação de corrupção.

Em Janeiro, membros do MDM acusaram Mahumudo Amurane de ter adquirido ilicitamente uma residência em Portugal. A acusação surgiu após o edil ter contribuído para detenção de funcionários do Município de Nampula, incluindo o vereador de Finanças. Amurane desmente as acusações e diz que vai continuar a ajudar a prender os corruptos.  

Numa curta entrevista telefónica, hoje, a O País, Mahamudo Amurane disse não ter nada a explicar em relação à ausência na Comissão Política do MDM.

 

 

Leave a Reply

Your email address will not be published.