Dois menores de idade (um de seis meses de vida e outro de três anos), todos do sexo masculino, foram assassinados pela própria mãe, de 26 anos de idade, no passado domingo, no bairro 7 de Abril, no Posto Administrativo de Miezé, distrito de Metuge, na Província de Cabo Delgado.

 

Ao que apuramos, a homicida recorreu à enxada para tirar a vida aos seus próprios filhos. As fontes contam que o acto faz parte de uma promessa de sucesso feito por um suposto curandeiro à homicida e ao marido, este último actualmente em parte incerta.

 

A indiciada é natural do distrito de Nangade, norte da província de Cabo Delgado, encontrando-se actualmente a residir no Posto Administrativo de Namanhumbir, no distrito de Montepuez, fugindo dos ataques terroristas. As fontes revelam que a mesma se deslocou à Mieze com o objectivo de visitar seus familiares, mas quis o destino que terminasse nas celas do Comando Distrital da Polícia da República de Moçambique (PRM) em Metuge por ter assassinado os seus próprios filhos. (O.O.)

Fonte: Carta de Moçambique

Leave a Reply

Your email address will not be published.