O preço do diesel aumentou cerca de 26 Meticais de Janeiro a Julho deste ano. No mesmo período, a tarifa do transporte de passageiros, na Cidade de Maputo, manteve-se inalterada.

No dia 2 de Janeiro, entrou em vigor, na Cidade de Maputo, a nova tarifa de transporte. Para distâncias inferiores a 10 quilómetros, o preço passou a ser de 12 Meticais e, para as maiores, passou para 15 Meticais. De lá para cá, o preço do transporte, na capital do país, não foi alterado.

Entretanto, durante o mesmo período, ou seja, de Janeiro a Junho deste ano, os preços dos combustíveis foram mexidos três vezes: em Março, Maio e a última em Julho.

Por exemplo, o diesel que era vendido em Janeiro a 61,71 Meticais, em Março subiu 9,26 Meticais, passando a custar 70,97 Meticais. Em Maio, o preço do gasóleo voltou a aumentar, desta vez, oito Meticais, e passou a ser vendido a 78,97 Meticais. Passaram mais dois meses, e o preço do gasóleo voltou a ser agravado em nove Meticais, passando a custar, desde o dia 2 de Julho último, 87,97 Meticais.

Com estas três subidas, significa que, de Janeiro a Julho deste ano, o preço do diesel, que é o combustível usado em grande parte dos transportes de passageiros, na Cidade de Maputo, passou a custar 26 Meticais mais caro, embora a tarifa do transporte seja a mesma praticada desde o início deste ano.

Os aumentos não aconteceram somente no diesel. O litro da gasolina que era vendido a 69,04 Meticais, em Janeiro, actualmente é vendido a 86,97 Meticais, um aumento do preço, por litro, de 17,93 Meticais.

Por seu turno, o gás para viatura, que custava 32,69 Meticais em Janeiro, já é vendido a 43,73 Meticais, o equivalente a mais 11 Meticais.

Há mais. A botija de gás de cozinha de 11 quilos que era vendida a cerca de 780 Meticais, actualmente custa 1122,22 Meticais, uma subida de 341 Meticais. Todas estas despesas tornam mais pesadas as contas das famílias e das empresas.

Fonte:O País

Leave a Reply

Your email address will not be published.