Single “Eu Quero Ser” é o primeiro de uma série de lançamentos da artista em 2022

A cantora e compositora moçambicana Lenna Bahule desembarcou em São Paulo no ano de 2013. Junto à natural emoção por começar uma nova fase de vida, havia também uma alegria em encontrar em solo paulistano alguns parceiros musicais com quem ela, de cara, já sentiu uma conexão especial. Não deu outra: Lenna escreveu uma canção sobre este momento, e a guardou. Quase uma década depois, a faixa finalmente vem a público. “Eu Quero Ser” chega às plataformas digitais pelo selo britânico DaLata Music Label com apoio do selo brasileiro Pequeno Imprevisto.

“Eu compus esta música em 2013 quando acabava de me instalar em SP, num momento em que estava vivendo uma explosão de inspiração, criatividade e aprendizado: acabava de entrar no grupo de estudos de percussão corporal com o grupo Fritos (que foi o grupo de estudo que iniciou os Barbatuques há muito tempo) e estava super empolgada com tudo o que estava aprendendo nesses encontros. Eu sentia que tinha encontrado a resposta para todas as dúvidas sobre música que eu tinha desde a minha formação. Eu sentia que com aquele estudo e a chance que estava tendo de criar a vida que eu quisesse, eu poderia realmente ser tudo e qualquer coisa que eu escolhesse. Foi esse sentimento de imensidão que me trouxe a ideia toda da letra, da melodia, da percussão corporal, da voz”, relembra a artista.

Um dos destaques da faixa está na voz de Marcelo Pretto, cantor, pesquisador e integrante do Barbatuques. “Ter a voz do Marcelo Pretto nesta canção é a realização do sonho de ter ele mais perto, fazendo mais música com ele, que tanto admiro. Aliás, foi ouvindo Barbatuques (cuja a voz do Marcelo Pretto se destaca e marca) que ganhei o impulso de atravessar o oceano”.

A estadia por terras brasileiras durou 7 anos, período em que Lenna gravou discos, realizou inúmeros espetáculos pelo país e se tornou uma das artistas mais interessantes e instigantes da cena independente brasileira. Em 2020, Lenna retornou a Moçambique, mas a conexão com o país permanece viva, através de participações em discos de artistas brasileiros e em permanente diálogo com a cena local.

“Eu Quero Ser” é a primeira faixa de uma série de lançamentos que Lenna pretende fazer em 2022. “Decidi lançar um conjunto de músicas minhas que estão aqui paradas e que eu gosto e que acho boas o suficiente para lançar um EP. Essa música faz parte desse conjunto”, explica.

A faixa é genérico da novela Maida, que estreiou em Maputo, no canal Maningue Magic, no último dia 17. “Tenho mesmo expectativa que gere bons frutos. Quero estar mais dentro do mercado Moçambicano. Moçambique ainda não tem indústria fonográfica como tal. Ainda estamos muito atrasados nessa construção. Não espero nada além do que temos: ouvir a música, gostar, procurar, baixar, aprender a cantar e querer saber mais. Que inspire”, finaliza.14/01 nas plataformas digitais.

Fonte:O País

Leave a Reply

Your email address will not be published.