Um grupo de jovens activistas pretende marchar pacificamente, na próxima sexta-feira (28 de Janeiro), em protesto contra o preço exorbitante das taxas de portagens.

 

Num comunicado enviado à nossa redacção, direccionado ao Presidente do Conselho Municipal da cidade de Maputo e ao Governo, o grupo refere que a marcha terá o seu ponto de partida no Mercado Grossista do Zimpeto, seguindo pela N1 até à portagem do bairro de Kumbeza. Deste ponto, os jovens vão regressar ao local de partida, ou seja, para o Mercado Grossista do Zimpeto.

 

De acordo com o documento, os jovens justificam que a marcha de protesto se deve à incapacidade de pagamento das taxas cobradas pela Rede Viária de Moçambique, REVIMO SA, tendo em conta as condições de vida em Moçambique.

 

No comunicado, os jovens pedem a colaboração das autoridades, no sentido de garantir a segurança, de modo que nenhum vândalo possa manchar a intenção de realizar uma marcha pacífica, ordeira no pleno exercício da Democracia. (Marta Afonso)

Fonte: Carta de Moçambique

Leave a Reply

Your email address will not be published.